quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Malu de Bicicleta

de Flavio Tambellini (2010)

Comédia romântica baseada em livro de Marcelo Rubens Paiva.
Ganhou vários prêmios em Paulínia 2010, incluindo melhor filme, melhor ator ( Marcelo Serrado) e melhor atriz ( Fernanda de Freitas)
Luiz , interpretado pro Marcelo Serrado ,é dono de uma boite em Sao Paulo, e mulherengo, muito mulherengo.
Estressado com o trabalho e com as mulheres, resolve vir ao Rio descansar. Acaba conhecendo, acidentalmente, Malu, que anda de bicicleta pela orla. Se apaixonam, ela vai morar com ele em Sampa, mas o ciúme dele acaba deixando péssima a relação. Cada vez mais acreditando na traição da mulher, Luiz vai enlouquecendo aos poucos. Parece até conto de Nelson Rodrigues. Tem todo o sarcasmo, a questão do ponto de vista machista da situação. E é também uma crônica de costumes.
O filme é simpático, diverte em vários momentos...mas como não poderia deixar de ser, é recheado de clichês do gênero. Mas funciona.. O elenco está Ok, destacando-se também o time de coadjuvantes, liderados por Fabio Lago, Marjorie Estiano, Giane Albertoni, Daniela Galli, Dani Suzuki, Thelmo Fernandes. A minha crítica vai para o pouco espaço reservado para brincar com as diferenças culturais entre Rio e São paulo. Não ficou tão marcado assim, e em comédias, pode-se brincar com esse estereótipo. os paulistas no filme, vamos combinar, não são tão paulistas assim.

Nota: 8

Nenhum comentário:

Postar um comentário