sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Seu pior pesadelo

"Der Nachtmahr ", de Achim Bornhak (2015) Essa drama com realismo fantástico alemão arrebatou no Fantaspoa 2015 o prêmio de melhor filme, e também foi selecionado para o prestigiado Festival de Locarno. No Imdb tem uma nota boa, além de receber ótimas críticas dos usuários. Fora isso, o filme traz referências de "Et, o extraterrestre", e homenageia os anos 80, com muitos sintetizadores e visual da época. Mas fui enganado. Achei que me divertiria com o filme e o acharia um cult para fãs de fantasia. Tina é uma adolescente que curte raves, drogas, bebidas e as amizades com galera. Uma noite, após muitas drogas e musica eletrônica, Tina vê uma criatura estranha no meio dos arbustos. Ao voltar para casa, a criatura está ali. Tina se desespera, fala com seus pais, mas eles nada vêem. Aos poucos, todos vão achando que Tina está ficando doida, e ela acaba sendo atendida por um psiquiatra. Mas o que ela não esperava, é que certo dia, todos vêem a criatura. "Seu pior pesadelo" tinha tudo para ser um filme bacana. Mas a direção não ajuda. Achim Bornhak , que também escreveu o roteiro, filma quase tudo em grande angular, e isso é péssimo para esse filme, que tinha que ter um clima de mistério e suspense. Os atores são muito crus, e zero carisma. O ritmo é arrastado, e o que deveria ser o mais instigante, que é a criatura, é bastante mal feita. A criatura é usada como metáfora dos medos e conflitos de uma adolescente que procura o seu espaço no mundo. Mas esse simbolismo não foi bem articulado. Queria muito ter curtido o filme, mas infelizmente, ficou na promessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário