domingo, 8 de janeiro de 2017

Moana- Um mar de aventuras

"Moana", de Ron Clements e John Musker (2016) Baseado em uma mitologia neo-zelandesa, "Moana" narra a história de uma princesa de uma Ilha da Polinésia que precisa salvar o seu povo de um desastre ambiental, já que a ilha onde moram está sem dar frutos em peixes. Seu pai a proíbe de navegar pelos mares, e logo Moana descobre porquê. A tribo era de uma linhagem de exploradores do mar, mas o pai de Moana, quando jovem, explorou o mar e acabou causando a morte de um amigo. ele diz que o mar é traiçoeiro, e existe uma razão para isso. Acredita-se que um Semi-deus, Maui ( na voz de Dwayne Johnson), roubou o coração da Deusa Re Fit, para ter Poder, e isso provocou a ira de um Deus do mal, que acabou fazendo com que Maui focasse amaldiçoado. Para salvar seu povo, Moana foge de canoa para encontrar Maui, recuperar o coração de Te Fit e levar seu povo para uma Ilha que proveja sustento para sua tribo. "Moana" é repleto de músicas, bem ao gosto de Ron Clements e John Musker, que dirigiram "Alladim", "A pequena sereia" e "A princesa e o sapo". Como em todas as últimas animações, a protagonista é uma mulher, cheia de vontades e de confiança em seu trabalho. A animação é bastante colorida, os efeitos muito bons, sem dúvida alguma, e nos créditos existem 4 brasileiros. Achei apenas o filme longo, 1:47 hrs, se tivesse uns 15 minutos a menos seria muito mais dinâmico e divertido. O filme é corajoso, pois apresenta a morte de uma personagem. Ele também é menos engraçado que outros filmes dos diretores. O humor fica mais no personagem da galinha Heihei, uma ave muito doida, que parece estar drogada. Moana é uma ótima personagem e deve fazer bastante sucesso com as crianças. Só não achei o Maui assim tão carismático, o seu mau humor não me conquistou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário