sábado, 22 de outubro de 2016

Straight guys

"Straigh guys", de Daniel Laurin (2014) Tese de mestrado do documentarista Daniel Laurin, ele resolveu entrevistar atores heteros que se dedicam ao chamado "gay for pay", jargão do mercado pornô gay que quer dizer, atores heteros que interpretam cenas gays em filmes pornôs. São muitas as razões pelos quais os heteros participam de cenas gays. A principal, obviamente, é o cachê, infinitamente maior do que se eles fossem fazer cenas heteros. Alguns atores dizem que não existe diferença entre fazer cenas heteros ou gays, e mais, dizem que na vida real não possuem qualquer interesse em se relacionar com um gay. Daniel Laurin entrevista Diretores, produtores e professores, que tentam explicar o porquê da invasão hetero no universo gay, e também porquê está aumentando o interesse do público gay em consumir cenas de pornô gay com atores supostamente "heteros". A explicação de um dos professores de uma faculdade é que existe o fetiche do gay em seduzir um hetero, e que por conta disso, aumenta o tesão. Recheado de cenas de sexo, retirado das gravações com os atores, mas jamais explicitando sexualmente o material, o documentarista Daniel Laurin retira dos atores gays depoimentos divertidos, contundentes e dramáticos. é evidente, no caso do ator Kellan, que ele está muito pouco à vontade nas cenas, e deixando claro que tudo é por dinheiro. Se os atores são gays ou não, o filme não procura forçar a barra. Apenas joga fogo na palha para que o espectador descubra e tente entender que no mercado do sexo, e na lei da sobrevivência, valem tudo. Daniel Laurin manteve o seu foco no site "Chaosmen", entrevistando seu casting e seu Diretor e fundador. O filme foi exibido em vários Festivais mundo afora, ganhando extremo interesse do público. Esse tema , do "gay for pay", ganhou outros documentários e até um episódio do programa da Mtv, "Real life".

Nenhum comentário:

Postar um comentário