terça-feira, 26 de janeiro de 2016

97 %

"97 %", de Ben Brand (2013) Premiadíssimo curta holandês, é uma homenagem moderna às tradicionais comédias românticas clássicas de Hollywood. Em uma estação de trem, um homem solitário recebe uma mensagem do seu celular. No aplicativo, o aviso é de que alguém está 97 % compatível com o seu perfil. O homem fica desesperado então para descobrir quem é essa mulher em um vagão lotado. Sem uma fala sequer, é uma comédia que se baseia totalmente nos personagens e nos olhares. A direção extremamente criativa de Ben Brand, e o ótimo elenco de apoio, produzem um filme muito gostoso de se ver, dinâmico ( são 8 minutos) e inteligente. O ator principal, Bert Hana, vem de uma escola no estilo de Jacques Tati. Um humor físico, sem resvalar para caricaturas. Ótima edição, trilha sonora pontual, sem exageros. O filme faz uma óbvia crítica ao amor atual, que se baseia em encontros em aplicativos de celular. As próprias pessoas já se desacostumaram a paquerar olho no olho. Nota: 9

Nenhum comentário:

Postar um comentário