sábado, 21 de fevereiro de 2015

O triângulo do diabo

"The Bermuda triangle", de René Cardona Jr (1979) Esse filme de 1979 foi responsável por tirar várias noites de sono na época que eu assisti na Tv quando criança. eu achava tudo assustador, a começar pelo título que incluía "Diabo" ( no original nem existe, se chama "Triângulo das Bermudas"). O filme é forte candidato a um dos piores filmes de todos os tempos, e aí reside o seu charme. Para começar, o filme é dirigido por um cineasta mexicano, René Cardona Jr, já famoso na época por realizar um filmes bem trash. No elenco, temos a ilustre presença de John Houston, um dos maiores cineasta americanos de todos os tempos, fazendo aqui uma caricatura de si mesmo, o velho rabugento. Uma prova de que dinheiro compra tudo. Também temos Marina Vlady, atriz italiana que já venceu um prêmio de melhor atriz em Cannes nos anos 60. esse filme tenta repetir a fórmula dos filmes catástrofes, famosos na época, com astros protagonizando histórias de ação e aventura. Nesse "Triângulo do Diabo", o que menos existe é ação. Em quase duas horas de filme, o que vemos é um tédio profundo e algumas cenas hilárias, protagonizadas por uma menina possuída pelo diabo, que habita o corpo de uma boneca encontrada no oceano. Ou seja, uma pré- Anabelle. O filme narra a história de uma expedição em direção ao triângulo das Bermudas, para caçar tesouro submarino. Só que ao chegaram lá, estranhas coisas acontecem, e as pessoas vão morrendo uma a uma. As cenas de morte são divertidas, cafonas e bizarras. Tudo é mal feito, os atores são péssimos e dublados em inglês. Só para quem não sabe: O triângulo das Bermudas, uma área do Oceano no Caribe, é considerado um local onde consta vários casos de desaparecimento de barcos, navios, aviões. Isso remete a séculos. Nota: 2

Nenhum comentário:

Postar um comentário