segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

No fim do túnel

"Al final del tunel", de Rodrigo Grande (2016) Thriller argentino, repleto de suspense e reviravoltas como em um bom filme de Hitchcock, de onde o cineasta e roteirista Rodrigo Grande tirou inspiração, inclusive na trilha sonora repleta de referencias a Bernard Hermann, compositor habitueé dos filmes do Mestre do suspense. O astro argentino Leonardo Sbaraglia protagoniza essa história no papel de Joaquin, um experiente engenheiro que ficou paraplégico após um acidente de carro que vitimou sua esposa e filha. Morando sozinho em uma casa de três andares (porão, térreo e terraço), Joaquin vive de consertar computadores. Sofrendo ação de despejo, ele resolve alugar o quarto de cima. Logo surge Berta e Betty, mãe e filha de 6 anos, novas inquilinas. Porém, para surpresa e Joaquin, ele descobre um plano de um grupo de bandidos de cavar um túnel embaixo de sua casa para roubar o banco que fica do lado de sua casa. "No fim do túnel" é repleto de viradas na história, daqueles que o espectador adora, porque dá uma nova guinada na trama. Além de Hitchcock, o filme tem referencias de outros cineastas, entre eles, de Tarantino com "Cães de aluguel", e os irmãos Coen com "Matadores de velhinhas". A fotografia é do mestre Felix Monte, de "A história oficial". O que prejudica o filme em determinado ponto é que ele é longo, 2 horas de duração, e lá pelo meio da uma barriga desnecessária. Com 20 minutos a menos, o filme teria tido um resultado muito melhor e mais dinâmico. O desfecho ficou meio forçado na resolução, mas como o filme brinca com as convenções do cinema de suspense, a gente acaba aceitando. Uma das principais lições que Rodrigo Grande teve de Hitchcock, é de plantar informações logo nas primeiras cenas, que para o espectador esperto e atento, sabe que será usado em algum momento no final. Boa atuação de Sbaraglia, um ator versátil que trabalha bem tanto em filmes comerciais quanto autorais.

2 comentários:

  1. Assisti ontem, bom filme!
    Parabéns por esse site sensacional, acesso todos os dias.
    Marcelo Freixo

    ResponderExcluir