sábado, 18 de junho de 2016

Dragula

"Dragula", de Frank Meli (2014) Delicioso e emocionante curta vencedor do prêmio de melhor filme do público em Palm Spring 2014, narra a saída do armário de um adolescente. Na escola onde ele estuda, vai rolar um concurso de talentos. Charles resolve se inscrever, mas ainda não sabe i que fará. Ao sair para uma balada gay com seus amigos, assiste ao show de uma Drag Queen, apelidada de Dragula ( Barry Boatwick, excelente). Aos poucos, Charles vai descobrindo a sua sexualidade e resolve se apresentar como drag na escola. No entanto, ele teme a recepção de suas famílias. O que ele não esperava, era que sua mãe, Maggie ( Missi Pyle, maravilhosa), uma vendedora da Avon, o apoiasse em sua decisão. Divertido e com ótimo elenco, capitaneado por um carismático August Roads no papel de Charlie, o filme homenageia ao mesmo tempo "Cabaret", de Bob Fosse, e " Edward mãos de tesoura", na figura da sua mãe e também no personagem de terror que se revela carismático. Uma pequena pérola, simples na realização, mas cheio de carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário