segunda-feira, 2 de julho de 2018

Sicario: Dia do Soldado

"Sicario: Day of the soldado", de Stefano Sollima (2018) Dirigido pelo italiano Stefano Sollima, dos seriados de sucesso 'Gomorra" e "Suburra", e escrito pelo mesmo roteirista do filme original, Taylor Sheridan, "Sicario: Dia do Soldado"honra com maestria o excelente filme original, dirigido por Dennis Villeneuve. Dessa vez, Emily Blunt não está no filme, e o protagonismo do filme fica por conta dos personagens de Benicio del Toro e Josh Brolin, Alejandro e Matt Graver. Ambos são contratados para provocar um duelo entre os dois principais cartéis do México, que traficam pessoas para cruzar a fronteira do México com estados Unidos. Para isso, eles simulam o sequestro da filha de um dos cartéis. No entanto, o plano dá errado: Isabel, a filha do traficante, testemunha uma ação onde policiais mexicanos são assassinados pelos soldados americanos. Por conta disso, o Governo manda assassinarem a menina, testemunha ocular. Mas Alejandro não aceita a missão, e decide proteger a menina. Violento, dramático, trágico e com um desfecho acachapante, que lembra o desfecho de "O Poderoso Chefão", o filme arrebata em todos os quesitos técnicos: Direção, atuação, roteiro, trilha sonora, montagem e fotografia. A tensão permeia o filme todo, que tem várias histórias se entrecruzando. Uma aula de cinema de ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário