segunda-feira, 17 de julho de 2017

Perdidos em Paris

"Paris pied nous", de Dominique Abel e Fiona Gordon (2016) Dos mesmos realizadores dos divertidos "Rumba" e "Fada", "Perdidos em Paris" é mais uma fantasia lúdica que emula grandes mestres do humor físico, como Jacques Tati, Chaplin, Buster Keaton. Dessa vez, os Diretores/Atores interpretam Fiona e Dom. Ela, canadense, vai até Paris em busca de sua tia Martha (Emanuelle Riva, em última aparição nas telas), de 88 anos e já com problemas senis. Martha desapareceu, e Fiona faz de tudo para encontrá-la. O problema é que Fiona perde seu celular, mochila, roupas, passaporte e dinheiro. No caminho das duas, surge Dom, um sem-teto que encontra os objetos perdidos de Fiona e se apaixona por ela, mas sem saber que ela é sobrinha de Martha, que surgiu também em seu caminho. Como se vê, é um vaudeville de comédia de erros. Esse tipo de humor fisico e caricato da dupla tem seus fãs, mas também seus detratores, que nao suportam esse tipo de humor. Se vocês já viram a alguns dos filmes citados e curtiram, assista caso contrario, veja outro filme, pois além de tudo, esse é o mais fraco da trilogia. Vale mesmo por Emanuelle Riva e pelas locações lindas em Paris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário