domingo, 7 de fevereiro de 2016

Pra frente Brasil

"Pra frente Brasil", de Roberto Farias (1982) Clássico filme de Roberto Farias, lançado em 1982, ainda sob a vigência da Ditadura no país, ainda que em processo de redemocratização, que só veio a acontecer por completo em 85. O lançamento do filme na época foi bem controverso, sofrendo represálias da censura. Baseado em livro escrito por Roberto Farias, 'Sala escura", através de um fato que aconteceu com o ator Reginaldo Faria quando em um aeroporto, brincando com a aeromoça que portava uma arma, ele foi encaminhado para interrogatório. "Pra frente Brasil" tem um elenco All star, que se fosse lançado hoje, ganharia o adjetivo de "Global". Houve um tempo em que atores famosos conferiam status a um filme, o que foi o caso desse projeto: Reginaldo Faria, Antonio Fagundes, Natalia do Valle, Elisabeth Savalla ( em rara aparição no Cinema, excelente), Luiz Armando Queiroz, Carlos Zara, Claudio Marzo. Ambientado em 1970, antes da decisão final da Copa do Mundo no México, o país está mergulhado de cabeça no futebol. Porém, a ditadura saía caçando guerrilheiros e pessoas que eles achavam subversivas. Jofre ( Faria) , um trabalhador pacato, casado com Marta ( do Valle), sai do aeroporto e pega carina com um homem que acabou de conhecer ( Marzo). eles são perseguidos, pois o homem faz parte da guerrilha de esquerda. Jofre vai preso e é torturado, sem nem saber o porquê. Marta procura Miguel (Fagundes), que vem a ser irmão de Jofre, também apolítico, e tentam descobrir o paradeiro dele. Logo, entendem que a Ditadura está mais perto deles do que imaginam. Ainda hoje é um belo filme de ação política. talvez prejudicado apenas pela irregularidade do elenco e pelo excesso de música, composta por Egberto Gismonti. Lembro que assisti em uma sessão de cinema ainda nos anos 80 e o filme provocou uma comoção grande na platéia, tendo gente inclusive que se exaltou nas cenas finais. Cinema é isso mesmo, participação da platéia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário