quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Moonriver

"Moonriver", de Slava Mogutin (2015) O cineasta experimental e artista plástico russo radicado nos Estados Unidos Slava Mogutin convidou o cineasta independente Bruce La Bruce, famoso por seus filmes sexualmente explícitos com temáticas gays, para ser o protagonista desse seu curta totalmente fetichista. O filme, sem diálogos, faz três homenagens: ao próprio Bruce la Bruce, à música de Henry Mancini "Moonriver" e ao skinhead boy, tipo masculino que La Bruce venera em seus filmes. No filme ele corta o cabelo do jovem e vai cantando a música " Moonriver" quantas vezes for necessário até que o garoto... Enfim, se você não é um espectador muito do porra louca e com a mente mais aberta do mundo, mantenha-se muito, mas muito afastado desse filme. São 8 minutos de muito fetiche e perversão. Andy Warhol aprovaria com louvor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário