domingo, 18 de janeiro de 2015

A vingança dos dragões verdes

"Revenge of green dragons", de Andrew Law e Andrew Loo (2014) Co-produção Estados Unidos e China, esse drama de ação mescla elementos de "Scarface", "O ano do dragão" e "Os bons companheiros". Acrescente a esses dados o fato de um dos Diretores, Andrew Law, ter dirigido "Conflitos internos", o filme de Hong Kong de 2002 que Martin Scorsese refilmou chamando de "Os infiltrados". Scorsese atua como Produtor executivo desse filme, e a presença dele e do ator Ray Liotta fica mais clara com todas essas informações. Infelizmente, com tantas boas referências, o filme é ruim. Clichê atrás de clichê, o filme se baseia em um artigo do New York Times publicado nos anos 90 sobre gangues de chineses que atuavam em Chinatown. O filme narra a história de Sonny e Stephen, dois chineses que chegam de Hong Kong para Nova York, junto de uma leva enorme de imigrantes chineses. Imediatamente eles são absorvidos pela máfia chinesa para trabalhar em restaurante. Após um evento, os dois garotos são obrigados a integrar uma gangue chamada "Dragões verdes". Eles lutam contra outras gangues e também evitam encrenca com a polícia. Os anos se passam, e Sonny e Stephen querem subir na hierarquia do grupo. Para isso, precisam lidar com traições e intrigas internas. Não fosse filmado em NY, o filme poderia perfeitamente ser mais uma produção de Hong Kong. A direção , por incrível que pareça, é tosca, com cenas grosseiras de ação e de drama, sempre exagerando no melodrama. A fotografia é cheia de filtros, o que em muitos momentos me incomodou porquê soou estilizada demais. Os atores são medianos, incluindo Ray Liotta, que está no automático. O Diretor e roteirista Andrew Law, assim como em 'Conflitos internos", procura dar uma reviravolta na trama logo no desfecho. Mas não surpreende. Parece forçado. Harry Shum Jr, que interpreta Mike Chang em 'Glee", infelizmente fica totalmente sem carisma no papel do mafioso Paul. Ele não tem força dramática, muito menos o talento de Al Pacino em 'Scarface". A ambientação de New York anos 80 no filme nem é algo surpreendente. Frustrante e entediante. Nota: 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário