domingo, 28 de agosto de 2016

Últimos dias no deserto

"Last days in the desert", de Rodrigo Garcia (2015) Escrito e dirigido pelo cineasta de "Albert Nobbs", filme com Glenn Glose, "Os últimos dias no deserto" ficcionaliza os 40 dias que Jesus Cristo passou no deserto, para se prepara para a sua grande Missão. Jejuando e meditando, Jesus foi tentado pelo Diabo, aqui representado pelo próprio Jesus. Fora esse encontro sedutor com o Diabo, o filme também apresenta o encontro de Jesus com uma família que habita o deserto. Jesus conversa com os familiares e tenta guiar os integrantes da família: o filho (Ty Sheridan), que quer seguir o mundo e a relação com o Pai castrador e a mãe doente. O filme tinha tudo para se tornar um clássico como "A última tentação de Cristo", mas infelizmente ele se perde em seu ritmo enfadonho e no roteiro muito pouco instigante. É chato, e pior, não consegui ver o ótimo ator Ewan Macgregor no papel de Jesus Cristo. Foi difícil acompanhar o filme todo com interesse, e mesmo a bela fotografia do Mestra Emanuel Lubezki não me prendeu, talvez porquê eu tenha lido que o filme foi todo rodado no Deserto da Califórnia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário