quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Rota cênica

"Scenic route" de Kevin Goetz e Michael Goetz (2013) Conhecidos no mercado americano como "Os irmãos Goetz", esses cineastas fazem aqui seu 2o filme em esquema produção baixo orçamento. A idéia era contar um drama psicológico e tenso sobre 2 amigos de longa data, que durante uma travessia numa estrada deserta nos Estados Unidos , a "Scenic route", têm a caminhonete quebrada e passam a lutar pela sobrevivência. Além de não terem água nem comida, os amigos fazem uma tremenda lavação de roupa suja, chegando a se degladiar mortalmente. O filme é praticamente de 2 atores: Josh Duhamel e Dan Fogler. Duhamel é mais conhecido como marido de Fergie, do grupo "Black eye peas", e fez algumas comédias romanticas e filmes de ação, como "Transformers". Dan Fogler já dublou vários desenhos (Kung fu Panda) entre outras comédias. Ou seja: um "miscasting" fudido. Um filme desses para dar certo teria que ter 2 atores muito bons em drama, uma vez que o filme quase que 90% é uma discussão interminável entre os amigos, variando de tons e emoções, indo da comédia pro drama, da agressão ao desespero. Dan Fogler lembra demais o ator Zach Galifianakis e durante o filme inteiro parecia que eu estava vendo uma paródia de "Se beber nao case". Até porquê a caracterização de Fogler lembra Galifianakis , impossível não fazer essa relação. No lugar da tatuagem de Mike Tyson, entra um corte de cabelo moicano,. Aliás, ridículo e nada a ver, levou filme para um humor involuntário, quebrando qualquer dramaticidade. Talvez a intenção tenha sido mostrar a insanidade de Marlon Brando em 'Apocalipse now", mas está tudo errado. O roteiro é inverossímel, irritante e pior, com um desfecho em aberto que irritará muita gente, inclusive eu. Como é que uns idiotas percorrem milhares de kilometros no deserto sem levar mantimentos??? E obviamente que o celular não pegará, né? O que o filme tem de bom é a fotografia deslumbrante, mostrando o amarelo laranja do deserto. Fora isso, fica somente um filme aborrecido e chato, muito chato. Nota: 3

Nenhum comentário:

Postar um comentário