sexta-feira, 9 de agosto de 2013

O rei dos porcos

"The king of pigs", de Sang-ho Yeon (2011) Que porrada esse filme! Animação sul-coreana que foi exibida em Cannes 2012, na Mostra Quinzena dos realizadores, é um dos mais contundentes retratos de bullying que vi em um filme ( fora o mexicano "Depois de Lucia"). Kyung-min é um empresário falido que acabou de matar sua esposa. Ele resolve ligar para um amigo de infância, Jong-suk, que não vê a tempos. Jong é um ghost-writer em crise, e que espanca sua esposa por ciúmes. No reencontro, eles relembram a época de estudantes de 15 anos, e sobre a violência sofrida pro ambos por conta de bullying de outros estudantes. Chul é um colega de classe, violento, que os defende de levarem surra. Mas um acontecimento trágico marcará a vida de todos para sempre. Um roteiro excelente, violento, dramático e cheio de reviravoltas. Fico imaginando um filme desses sendo refeito com atores. Nas mãos de Park chow-woo viraria um clássico no nível de um "Oldboy". Os diálogos são duros, socos no estômago. Várias cenas antológicas, como a do gato e todo o desfecho, onde segredos são revelados. Os traços da animação são simples, mas as cores são soturnas e o filme tem um clima bem depressivo. O som, a trilha, os ruídos, os choros, a dublagem, os socos...toda a parte sonora é impecável. Fiquei absorto do início ao fim. Imperdível! Nota: 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário