terça-feira, 4 de outubro de 2011

A raiva


" Kalevet/Rabies", de Aharon Keshales, Navot Papushado (2011)

Um jovem casal foge da casa dos pais dela, e se refugiam numa floresta deserta. No caminho, a jovem cai em uma armadilha. O rapaz se apavora, e vai atrás de ajuda. Acaba parando um carro onde se encontram 4 jovens: 2 rapazes e 2 garotas, jogadores de Tênis. O rapaz pede ajuda a eles. O que eles não esperam é que o assassino está a espreita em algum lugar, e que as diferenças dos 4 amigos irá surgir quando eles percorrerem a floresta, criando intrigas que poderão sutir efeitos maléficos para todos.
Primeiro filme de terror israelense, esse filme passeia no gênero, mas também encontra ecos no terrir. SIm, o filme tem cenas tensas, bem violentas, mas a maioria delas acaba sendo risível, pois soam toscas, apesar dos ótimos efeitos de maquiagem. O elenco é ruim na sua maioria. Mas são bonitos, e isso acaba entretendo quem assiste ao filme. Sim, tudo é clichê do clichê: não se espera absolutamente nada de original no filme. A única curiosidade é ouvir o elenco falando em hebraico. A duração do filme é longa, e poderia ter uns 20 minutos a menos.

Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário