terça-feira, 18 de outubro de 2011

Corações Sujos


de Vicente Amorim (2011)

Brasil, 1945. No interior de São Paulo, onde mora a 2a maior comunidade japonesa do mundo, um grupo de radicais japoneses, não acredita na derrota do Japão na Guerra. São os Shindo-re-mei, grupo fascista que acredita que os americanos fazem propaganda da derrota do Japão. Esse grupo passa a matar os japoneses que aceitam essa rendição do Japão. Takahashi é casado com Miyuki , uma professora que dá aula para alunos japoneses. Felizes, Takahashi aos poucos é designado pelo Coronel Watanabe a cumrpir missões de matar os japoneses que são aceitam a derrota do Japão. Takasashi passa a ficar em conflito moral, uma vez que Miyuki vai se afastando dele, a medida que ele vai se tornando o assassino oficial dos Shindo-re-mei.
Bom drama, baseado em livro de Fernando Morais, tem no seu elenco japonês o seu ponto forte. Todos os japoneses são excelentes. A diferença de interpretação entre o elenco japonês e o brasileiro é gritante. O filme tem ótimo ritmo, fotografia maravilhosa de Rodrigo Monte. A trilha sonora é excessiva e cansa os ouvidos em vários momentos. O filme se apega so melodrama para narrar um fato histórico.

Nota: 8

Nenhum comentário:

Postar um comentário