quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Dark Horse


de Todd Solondz (2011)

Abe (Jordan Gelber) é um jovem executivo, que trabalha na empresa de seu pai, Jackie (Cristopher Walken). Mas Abe é arrogante, imaturo, e pricnipalmente, nerd. Ele vive às turras com seu pai, e sua mãe, Phyllis (Mia Farrow). tenta confortálo sempre. A família é judia, e tem todos aqueles chiliques tradicionais da comunidade. Um dia, Abe conhece Miranda (Selma Blair), uma mulher problemática e depressiva, por quem Abe se apaixona perdidamente. A partir daí, sua vida se transforma em um inferno, com família, doenças, irmão e tudo o mais querendo invadir a sua vida.
Solondz é o cronista do pessimismo. Em todos os seus filmes, os personagens são infelizes, depressivos, melancólicos e os temas da morte , sexo e religião também são recorrentes. Aqui, Solondz ainda faz severas críticas ao conservadorismo judeu, como um empecilho a felicidade das pessoas. O elenco está todo excelente, e é sempre bom rever Mia Farrow, fazendo uma referência aos seus personagens dos filmes de Woody Allen. O filme alterna humor negro, e na sua parte final, entra fundo no drama. A narrativa lembra bastante o filme " Um homem sério", dos irmãos Coen, que também tratava dos temas da religião judaica, culpa, medo.

Nota: 8

Nenhum comentário:

Postar um comentário