sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Como se tornar um Conquistador

"How to be a latin lover", de Ken Marino (2017) Longa dirigido pelo Ator Ken Marino, é um veiculo para a maior estrela do Cinema mexicano, Eugenio Derbez, desfilar o seu humor escrachado e debochado, repleto de piadas sujas e escatológicas. Eugenio foi o responsável pelo maior sucesso de um Filme estrangeiro nos Estados Unidos, a comedia dramática "Não aceitamos devoluções", que ele dirigiu e protagonizou. Em "Como se tornar um Conquistador", repetiu-se muitos elementos da trama de "Não aceitamos devoluções", o que confirma a tese de que "em time que se está ganhando, não se mexe". A relação Homem mais velho e criança reprimida; homem conquistador que depois se humaniza; uma criança que escreve carta para um dos pais ausente; a narração em off de Derbez concluindo tudo como uma grande lição de moral; choque cultural Estados Unidos/México. Mesmo com essa sensação de Deja vu, o filme tem piadas muito engraçadas, daquelas bem bizarras, sem meio termo: ou se acha engraçado, ou vai se achar grotesco. O elenco tem participações bastante divertidas de Salma Hayek, Rob Lowe ( ele tem uma das cenas mais engraçadas do filme, no desfecho, vestido de policial), Michael Cera ( aquele menino já não existe mais, ele agora é um homem!) e pasmem, Raquel Welch, no alto de seus quase 80 anos, toda recauchutada e fazendo graça de si mesma. Mas talvez um dos personagens mais engraçados do filme, com direito a cenas verdadeiramente hilárias, seja o de Cindy (Kristen Bell, antológica) , atendente de uma sorveteria musical e que é apaixonada por gatos e sempre aparece toda arranhada. O clip de Eugenio ( como ele se sujeita a situações toscas e se diverte!!) na clinica de beleza é arrasadora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário