terça-feira, 5 de junho de 2018

A música do silencio

"La musica del silenzio", de Michael Radford (2017) Adaptação da biografia do Tenor e compositor italiano Andrea Bocelli, mostrando desde a sua infância até os dias de hoje. Bocelli nasceu em 1958, em uma família pobre na cidade de Lajatico, Itália. Ele nasceu com glaucoma congénito, enxergando muito pouco. Ao se matricular em uma escola para cegos, durante uma partida de futebol, ele leva uma bolada na cara e fica cego de vez. Graças a influencia de seu tio, ele estuda música e canto. Porém, quando se torna adolescente, sua voa muda e ele desiste de cantar, indo estudar direito. Mas logo a paixão pela música retorna, mas sem sucesso, indo cantar em um bar. Somente quando ele estuda com o Maestro Luciano Bettarini ( Antonio Banderas), é que ele se dedica integral à música e ao canto. Posteriormente, ele foi convidado a fazer um dueto com o astro de rock italiano Zucchero. Bocelli venceu a edição do Festival de San remo em 1994, e a partir daí, sua vida mudou completamente, se tornando em um dos maiores astros da música mundial. O filme dedica muito de seu tempo aos pais e tio de Bocelli, que se dedicaram ao tempo todo pela sua educação e deram perseverança para jamais desistir de seus sonhos. O filme, infelizmente, não está aos pés do talento de Bocelli. Os fãs provavelmente irão gostar, mas é um filme totalmente chapa branca, episódico, um erro comum aos cinebiografados. Querem contar a vida toda de uma pessoa em menos de 2 horas e aí fica tudo corrido e sem emoção. Mas o pior mesmo, ficou pela infeliz decisão de botar os atores italianos falando em inglês. Ficou ruim, falso, sem verdade. As dublagens dos atores cantando também está péssima, apesar dos atores estarem bem em seus papéis: Toby Sebastian (Toberyn Martell de "Game of throne) fazendo Bocelli adolescente e adulto. Michael Radford é um cineasta inglês, famosos por ter dirigido "1983" e "O carteiro e o poeta". ligou o automático aqui e fez o filme mais convencional possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário