domingo, 6 de maio de 2018

Marilena do P7

"Marilena da la P7", de Cristian Nemescu (2006) Drama romeno, exibido na Semana da crítica em Cannes 2006. Inicialmente concebido para ser um curta-metragem, o filme acabou ficando maior do que o previsto e foi lançado como média metragem de 48 minutos. Vencedor de vários Prêmios internacionais, o filme é um cruel retrato da juventude romena: um garoto de 13 anos, morador da periferia de Bucareste, se apaixona por uma jovem prostituta, Marilena. Ela, por sua vez, está apaixonada por um cliente. A união desses 3 personagens terminará em tragédia. Com atores iniciantes, o cineasta Cristian Nemescu não parece querer demonstrar qualquer tipo de piedade com os seus personagens. A periferia apresentada é triste, sórdida, violenta, humanidade zero. Deixando claro que não existe a possibilidade de amor em uma relação aonde o dinheiro faz parte do jogo, o também roteirista Cristian Nemescu vai afundando os seus personagens em dilemas. Filmada em locações pobres e desencantadas, poder-se-ia dizer que o filme é um "Coming of age" sem perspectivas de futuro melhor. Eu adoro filmes romenos, e essa pequena jóia, totalmente independente, cumpre bem o seu papel, tendo até uma pequena paródia de "Contatos imediatos do terceiro grau" em determinado momento do filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário