quarta-feira, 19 de abril de 2017

Eat my shit

"Eat my shit", de Eduardo Casanova (2015) Aos 24 anos, o cineasta espanhol Eduardo Casanova realizou um dos curtas mais ousados que assisti na vida. A breve história (o curta tem 3 minutos) narra o bizarro drama de Samantha, uma jovem que nasceu com uma terrível condição física: os orifícios do anus e da boca foram invertidos quando ela nasceu. Ela come pelo anus, e dejeta pela boca. Quando Samantha resolve postar uma foto de seu rosto no Instagram, e vetado pela politica de censura do mesmo. Samantha resolve almoçar em uma lanchonete, e a garçonete desdenha de seu rosto. Samantha resolve se vingar. Inventivo, original, mas também grotesco e tosco, "Eat my shit" não é para qualquer espectador. Me lembrei muito do brasileiro Edgar Navarro, que realizou um curta chamado "O rei do cagaço", clássico do cinema marginal, onde o próprio surge defecando. "Eat my shit" recentemente originou um longa, dirigido pelo mesmo Casanova, intitulado "Peles". https://vimeo.com/136592330

Nenhum comentário:

Postar um comentário