domingo, 3 de julho de 2016

King Jack

"King Jack", de Feliz Thompson (2015) Premiado como melhor filme do juri popular do Festival de Tribeca 2015. "King Jack" é um drama que fala sobre a juventude. E claro, hoje em dia é quase impossível tocar nesse assunto sem falar de bullying. Pois esse é o foco principal desse filme intenso e dramático sobre a passagem da fase adolescente para adulta, sem maquiagem. Jack é um menino que mora com seu irmão mais velho, o violento Tom, e sua mãe. A família é pobre e mora em um bairro classe média baixa do subúrbio. Um dia, a mãe de Jack recebe a notícia de que a irmã precisou se hospitalizar. e que precisa tomar conta por um tempo do seu filho. Quando o menino Ben chega, Jack fica na incumbência de tomar conta dele. Sem muita paciência, Jack vai trazendo Ben para o seu mundo: isolado, sem muitos amigos e constantemente sofrendo bullying de uns garotos mais velhos. "King Jack" é um filme e certa forma polêmico, porquê incomoda. é um retrato cruel de pessoas que nao têm absolutamente nada a perder. Loosers, como diria o termo americano. sem emprego, sem futuro, sem amor, sem nada. Essa geração retratada pelo filme não recebe qualquer tipo de carinho pelo roteirista e diretor Felix Thompson. São tipos desprovidos de um abraço amigo. A direção de Thompson é muito boa, dando suporte ao trabalho impecável de todo o elenco jovem. A fotografia e a trilha sonora são ótimas. Filmes sobre bullying já vimos aos borbotões, e esse "King Jack"não acrescenta muita coisa. Mas vale pelo belo trabalho dos jovens atores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário