terça-feira, 8 de outubro de 2013

The dirties

"The dirties", de Matthew Johnson (2013) O que dizer de um filme, onde o melhor dele está nos créditos finais? Filme de cinéfilo, no caso Matthew Johnson, um jovem canadense que dirigiu, escreveu, produziu e protagonizou esse filme sob bullying na Universidade, e que culmina em tragédia. Obviamente inspirado em "Elephant", a obra-prima de Gus Van Sant ( de onde ele pega emprestado até a camiseta amarela com o boi estilizado) , o filme narra a história de Matthew e Owen ) nomes reais dos atores), que dirigem um filme escolar sobre bullying. O que era para ser uma brincadeira acaba se tornando real, quando Matthew resolve avançar o limite da ficção e realidade. Essa síndrome de quero ser 'Elephant" faz muito mal ao filme, que acaba ficando com criatividade zero. Tudo ali já foi visto, e muito melhor. Pior, a reviravolta na história demora a acontecer, e quando acontece, acaba. Tudo bem, pode-se dizer que a idéia de Matthew não tenha sido mostrar um massacre de estudantes, e sim, como tudo isso se desenvolve na cabeça dele até atingir esse ponto de psicopatia. Mas só que o filme segue tedioso demais. Enfim, como disse, os créditos finais, que é uma brincadeira com o design e cenas de filmes famosos, é a parte mais bacana do filme. O cineasta Kevin Smith considera esse um dos filmes mais importantes do ano e resolveu distribui-lo nos EUA. Bom, ele deve ter achado Matthew uma criação dele, nesse quesito "self made man". O titulo do filme se refere ao "The dirties", um grupo de alunos machões que adora bater na garotada nerd. Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário