quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Outro/Eu

"Self/Less", de Tarsem Singh. Drama fantástico, bem ao gosto do cineasta indiano Tarsem Singh, realizador de "A cela", "Imortais", "Espelho, espelho meu" e outros filmes de visual extravagante. De novo, Singh se apodera de imagens fortes e duvidosas para contar a história de Damian ( Ben Kingsley), um bilionário que descobre que tem 5 meses de vida devido a um câncer. Ele descobre uma empresa que faz um feito inédito: transfere a mente de uma pessoa para um corpo sadio e jovem. Damian paga pelo tratamento e acorda com um novo corpo, jovem e sadio. Esse corpo, mais pra frente, descobriremos que se chamará Mark ( Ryan Reynolds), e que descobrirá segredos terríveis do laboratório onde ele fez a transferência de mente. Filme longo, direção arrastada e um elenco em sua maioria no piloto automático. Ben Kingsley está totalmente apagado, e Ryan Reynolds já havia feito trabalhados mais interessantes recentemente. A história em si não é inovadora, e o filme aliás é um remake de "Um segundo rosto", de John Frankenheimer, estrelado por Rock Hudson. A concepção visual do laboratório é bem pouco inovadora, em se tratando de Tarsem Singh. Vale como passatempo em uma tarde chuvosa. Nota: 6

Nenhum comentário:

Postar um comentário