quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A forca

"The gallows", de Travis Cluff e Chris Lofing (2015) Acreditem se quiser, mas a galera ainda faz filmes "found footage". A mais recente cópia das cópias se chama "A forca" e foi escrita e dirigida pela dupla Travis Cluff e Chris Lofing. Pior que, por conta de uma campanha viral, o filme fez o maior sucesso nos Estados Unidos. Ou seja, tudo é marketing. A história começa em 1993. Durante uma apresentação escolar de uma peça teatral chamada "A forca", o estudante que interpretava o enforcado, Charlie, acaba morrendo de verdade por acidente quando o piso cede e ele acaba enforcado. 20 anos depois, a mesma escola decide comemorar os 20 anos da tragédia realizando uma nova montagem da peça. Um aluno, Reese, decide retomar o papel de Charlie, mas na hora do ensaio ele fraqueja e acana não fazendo a cena. Ele junta o amigo Ryan e a namorada dele Cassidy para chantagearem o cenário durante uma invasão noturna. A eles se junta Pfiffer, uma garota que Reese tá a fim. O que eles não esperavam é que ficassem trancados n ambiente sem poderem sair e pior, descobrem que o espirito de Charlie ronda o lugar. Terror barato que não tem tensão nem provoca sustos. Digo, os sustos que acontecem são as bobagens de algum personagem que surge do nada na frente da câmera e a edição de som bota um ru;ido estridente para assustar o espectador. Truque velhíssimo. O roteiro poderia ter explorado mais a questão do Ator que sofre de pânico ou algo do tipo, mas não, ele investe em um suspense bobo. O estilo found footage é ridiculo, porquê pressupõe que tudo está sendo gravado e que alguém, mesmo em momentos de perigo, mantém a câmera ligada. Nada de novo no front e o vilão em si, provoca bocejos. Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário