domingo, 14 de maio de 2017

Alien Covenant

"Alien Covenant", de Ridley Scott (2017) Ai, que tristeza terminar de assistir a esse filme e imediatamente, perguntar porque Ridley Scott não deixou o prequel da franquia "Alien" apenas com "Prometheus". Não achei o filme ruim como muita gente tem alardeado por aí, mas o que de fato me irritou profundamente, foi conceber os personagens da forma mais ridícula possível. Teoricamente bem treinados para missão de guerra, eles agem por impulso, fazem muita merda e tomam as decisões mais erradas e óbvias. Pior: sabe quando você anda em grupo, sabe que está sendo ameaçado, mas resolve se separar e cada um seguir isoladamente? e o que dizer de um casal que testemunhou a morte de vários colegas, e na cena seguinte, tomam um banho e transam? Bom, pelo menos existe o Michael Fassbender para segurar a onda, em um papel interessante, repetindo o David do filme anterior e tendo papel duplo com um outro androide, Walter. Metade do filme parece deja vu dos outros filmes da franquia. As cenas idênticas, mesma atmosfera. Sai do filme pelo menos sabendo a origem do Alien. Por isso, valeu a pena. E aguardemos a inevitável continuação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário