terça-feira, 21 de junho de 2011

Lanterna Verde


" Green lantern", de Martin Campbell (2011)

Hal Jordan é um piloto de aviação, que tem um trauma de infância: seu pai, também piloto, morreu em acidente de trabalho, pilotando um dos avões em fases de teste. Já crescido, Hal (Ryan Reynolds) é escolhido pela liga dos Lanternas verdes intergalático, para ser um novo membro, a fim de manter a paz do Universo. Esse posto lhe é passado por um outro Lanterna verde, que sofreu um acidente e , entre a vida e a morte, lhe passou o anel, que lhe trará poderes inimagináveis. Porém, Hal deve lutar contra Parallax, um ser poderoso que planeja destruir tudo que encontra pela frente.
Mais um filme baseado em personagem Marvel, mas infelizmente, sem alcançar maiores vôos. Ryan Reynolds, que se tornou um ótimo ator em " Enterrado vivo", aqui não consegue fazer muito pelo filme, que tem um roteiro fraco e efeitos toscos. O filme não tem ritmo, e as cenas de ação custam a chegar. A concepção de alguns dos personagens é bem fraca, e o seres intergaláticos lembram bastante alguns personagens de " Star Wars". O problema aqui é que o filme poderia ser mais realista, mas resolve apostar em tipos e situações que não se combinam muito. Tem momentos que parece animação de tv, e a gente não sabe se gosta ou não. Eu basicamente achei tosco alguns momentos. De positivo, apenas a inserção de atores tarimbados em alguns papéis, como Tim Robbins e Peter Saasgard.

Nota: 5

Comentários em breve

Um comentário:

  1. Concordo plenamente com o que vc escreveu. O filme é realmente chato.

    ResponderExcluir