sábado, 25 de julho de 2015

Pixels

"Pixels", de Chris Columbus (2015) O Cineasta Chris Columbus tem em seu currículo alguns clássicos da comédia que depois foram copiados inúmeras vezes, entre eles "Esqueceram de mim", "Uma babá quase perfeita". Depois lançou a franquia de "Harry Potter", filmando os 2 primeiros filmes. Entre vários de seus filmes da vasta cinematografia, surpreendeu fazendo um raro filme adulto, o musical "Rent". Mas Columbus quando erra, erra feio. O maior exemplo talvez seja esse "Pixels". De um ótimo argumento, saiu um filme totalmente meia bomba. Não diverte, é enfadonho e pior, não se define como gênero. Quando quer ser engraçado, é totalmente sem graça. Quando quer ser romântico ( entre os personagens de Adam Sandler e de Michelle Monaghan, a oficial da Casa Branca) , não existe química alguma. Quando quer ser ação e aventura..nossa, que falta de dinâmica e ritmo. Pior é desperdiçar bons atores, como Peter Dinklage, que quase não faz Cinema por conta da agenda em 'Game of Thrones", mas acabou nessa roubada. Era para ser uma grande homenagem ao Universo Nerd, mas poxa, o roteiro não ajuda nem um pouco nessa nostalgia. Sem emoção e sem sentimentos. Ficou tudo muito forçado. Pena mesmo, porquê eu esperava bastante do filme. Em primeiro lugar, toda a parte romântica do filme deveria ter sido deletada, e investir mais na ação. Em se tratando de homenagear games dos anos 80, sinceramente, fico mil vezes com o desenho "Detonando Ralph", que é sensacional e inteligente em todos os aspectos. E o que mais me incomoda aqui no roteiro é que, entre uma batalha e outra, parece que nada aconteceu, todo mundo comemora como se a batalha anterior fosse a situação mais corriqueira do mundo. Mas enfim, só pela intenção de se falar de uma nostalgia dos anos 80, e incluir algumas músicas top da época ( entre elas, "Everybody wants to rule the world", acho que dói menos. E pra valer, a única piada que ri, foi quando falam da cantora Madonna. E quanto ao Adam Sandler? Bom, não tenho ódio dele não, mesmo porquê gosto de alguns filmes dele, mas aqui ele está totalmente no automático. Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário