segunda-feira, 27 de julho de 2015

Bacanal do diabo e outras fitas proibidas de Ivan Cardoso

"Bacanal do Diabo e outras fitas proibidas de Ivan Cardoso", de Ivan Cardoso (2013) Filme porra louquíssimo do subversivo Ivan Cardoso, um dos Cineastas mais incompreendidos do Cinema brasileiro, autor de vários clássicos do terrir, entre eles, "O segredo da múmia" e "As sete vampiras". os seus filmes têm um sabor único, uma mescla safada de terror, comédia popular e sacanagem. Em "Bacanal do diabo", Ivan reúne 24 curtas que produziu entre 1971 a 2013, muitos deles proibidos e inacabados. O filme se assemelha bastante à estrutura do trailer de "grindhouse", aquela junção de trailers fakes de Tarantino e Robert Rodriguez, onde vemos trechos mal costurados de filmes trash. A receita aqui é muito semelhante: o filme parece um grande trailer, de mais de 1 hora de duração, onde vemos anúncios de curtas e alguns trechos isolados desses filmes. Documentários, filmes pornográficos, experimentalismo, enfim, tudo é possível nesse Universo muito particular e fetichista de Ivan Cardoso. EM um dos curtas, temos um close explícito de uma vagina e um anus feminino sendo depilado. Nem em filme pornô eu vi uma cena com tanto detalhamento. Em outro curta, tem uma jovem Claudia Ohana satisfazendo o desejo sexual de um adolescente, mergulhando a sua bunda em um prato de leite, que derrama no chão. Cenas assim permeiam o filme, que obviamente saciarão a sede e fome de quem busca uma aventura trash e desmedidamente anárquica, sem limites, sem pudores. Um exemplo máximo: então veja um trecho de um curta onde Ivan coloca Bob Dylan ( ele mesmo) intercalado entre a vida de pop star e a de um garanhão que vem ao Rio para transar com o máximo de mulheres possíveis em cenas de orgia. Devassidão em grau máximo. Para quem apostar, pode se deliciar com uma narrativa que tem inspiraçào na nouvelle vague de Godard ( onde inclusive ele brinca com os letreiros de "Pierrot le fou).

Nenhum comentário:

Postar um comentário