sábado, 15 de junho de 2013

Crônicas sexuais de uma família francesa

"Chroniques sexuelles d'une famille d'aujourd'hui", de Pascal Arnold e Jean-Marc Baar (2012) Comédia dramática sobre um adolescente pêgo em sala de aula e masturbando. A partir desse fato, o filme destrincha a vida sexual de todos os integrantes da família do rapaz. Jean Marc Baar é mais conhecido como ator dos filmes "Europa", de Lars Von Trier e "Imensidão azul", de Luc Besson. Aqui, ele resolve co-dirigir esse filme de forte contexto sexual, recheado de cenas de sexo explícito envolvendo atores de várias faixas etáreas. Cenas de masturbaçao, penetração, sexo oral, tudo o que tem direito, e sem pudores. Me surpreendi que todos os atores tenham se sujeitado a fazer cenas de sexo reais. Talvez Jean Marc Baar, por já ter trabalhado com Lars Von Triers e sabendo do projeto dele "Nynphomaniac", tenha dirigido esse filme para poder provocar o cineasta dinamarquês e dizer: "Eu fiz filme com sexo real, você usou dubles para os atores!". Uma pena, no entanto, que o roteiro desse filme seja muito fraco. As ligações entre as várias histórias é ruim, parecendo que o filme se divide em vários sketches isolados. As cenas de sexo foram inseridas pelo visto, apenas com o intuito de chocar, porque não provoca nenhum tipo de excitação. Faltou erotismo, sensualidade. está tudo muito cru e automatizado. Uma pena, era um filme que prometia. Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário