terça-feira, 12 de outubro de 2010

Execução (Kinatay)


Drama barra-pesadissima, dirigido por Brillante Mendoza, mesmo autor de O MASSAGISTA e SERBIS.
Vencedor do premio de melhor direção em Cannes 2009, esse filme narra a história de um jovem aspirante a policial, prestes a se casar. Necessitado de dinheiro, ele aceita fazer parte de uma operação obscura. De noite, o grupo sequestra uma prostituta, acuada por dividas. Ela é levada até um local ermo, estuprada e sentenciada à morte. O jovem observa a tudo pasmo, sem poder fazer nada.
O filme começa como um documental sobre um dia em Manilla, mostrando o caos urbano, com barulhos vindos de todos os lados, confusão. De noite, o filme é so silencio,e dai reside o brilhantismo do filme. O contraste de um dia na vida de uma pessoa, que perde sua inoccencia da forma mais tragica posssivel. P filme é tratado de uma forma muito crua, quase em tempo real. Raras vezes se viu tanta frieza, na cena do espancamento e morte da mulher. Ela é destroçada, mutilada. Um filme que nao recomendo, pelo seu conteudo, mas que confesso, muito bem dirigido e interpretado pelo ator fetiche de Mendoza, Coco Martin. Um filme de horror, que diferente de filmes tipo Jogos morrtais e etc, retrata a realidade da sociedade podre. Terrivel!

Nenhum comentário:

Postar um comentário