terça-feira, 1 de março de 2016

Everything will be okay

"Alles wird gut", de Patrick Volrath (2015) Um dos cinco finalistas para curta ficção no Oscar 2016, "Everything will be okay" é extraordinário. Lembra em intensidade e em temática o longa "O quarto de Jack": o ponto de vista de uma menina de 8 anos sobre a situação que vai se desenvolvendo ao seu redor. O Cineasta Michael Haneke elogiou o trabalho desse curta austríaco, dizendo que o diretor constrói tensão do início ao fim de seus 30 exasperantes minutos. Michael é pai de Lea. Divorciado, ele vai buscar sua filha para o final de semana. Em princípio o que era para ser apenas um fim de semana rotineiro com o pai, acaba se transformando numa grande tragédia na vida da menina. O trabalho absolutamente fenomenal dos 2 atores, Simon Schwarz e da pequena Julia Pointner faz o espectador tremer na base emocional. O desfecho é de doer o coração. O que também impressiona é que o diretor é estudante de cinema e esse é seu primeiro trabalho. O domínio que ele tem sobre o trabalho dos atores, da edição, da história, tudo, é realmente brilhante. Não à toa, o filme venceu muitos prêmios internacionais, incluindo um especial na Semana da crítica em Cannes e a nomeação no Oscar. Agora quero ver o curta vencedor, "Stutter", e acreditar que ele possa ser superior a esse filme aqui.

Um comentário:

  1. Gostei muito de suas sugestões de curtas, belos filmes, e bom trabalho. Um abraço

    ResponderExcluir