domingo, 20 de maio de 2012

O corvo

" The raven", de James Macteigue (2012)
No sex XIX, em Baltimore, vive Edgar Allan Poe (John Cusack), famoso escritor de contos policiais. Porém, devido à morte de sua esposa, por tuberculose, Poe se encontra alcoolatra e largado, trabalhando em uma empresa jornalística, aonde assina uma coluna. Por é apaixonado por Emily Hamilton, filha do militar Capitão Hamilton, que proíbe o amor entre os dois. Assassinatos começam a acontecer na cidade, e o detetive Fields (Luke Evans) descobre que as mortes estão relacionadas aos contos de Poe. Assim, Poe e Fields se juntam para tentar descobrir o paradeiro do assassino, uma vez que Emily é sequestrada por ele e se torna uma possível vítima. Curiosa produção, que faz uso ficcional do que poderia ter acontecido com Poe, antes de sua morte, supostamente por envenenamento. O filme me lembrou o tempo todo de " Do inferno", com Jonnhy Depp: a mesma ambientação do Sec XIX, as mortes, o clima soturno. Aqui, porém, o diretor abusa das mortes, mais para " Jogos mortais", sem sutileza alguma. A morte com o pêndulo foi totalmente desnecessária, não combina com a elegância da história. John Cusack está caricato, Luke Evans se esforça em dar credibilidade no papel do detetive meio Shelock Holmes, e Alice Eve me lembrou o tempo todo de Kisrten Stewart. O roteiro vai no esquema de " Quem matou", e na revelação final, fica aquela sensação de: mas quem era essa pessoa mesmo. O ritmo na primeira parte do filme é lento, só ganhando vigor na parte final. James Macteigue, mesmo diretor de " V de vingança", bem que tentou, mas não troue novidades ao gênero. Preferiu apostar no gore, do que no roteiro. Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário